CNH suspensa por demora do Detran pode ser revista

CNH suspensa por demora do Detran pode ser revista

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Processo para transferência de pontos entre habilitações de motoristas está mais lento que o normal, com isso, se a pontuação estiver muito alta você pode ficar com a CNH suspensa.

Motoristas afetados pela demora da Secretaria Municipal dos Transportes na transferência de pontos e que tiveram a CNH suspensa, podem entrar com recurso no DETRAN.

Conforme apurou www.carrosemsegredo.com , o Departamento de Operações do Sistema Viário (DSV), órgão da prefeitura de São Paulo, demora até três meses para processar os formulários de identificação do condutor, enviados ao proprietário do veículo junto com a notificação de multa.

No Detran de SP, capital, é possível entrar com recurso também pela internet, caso a CNH seja suspensa por demora na transferência de pontos.

No Detran de SP, capital, é possível entrar com recurso também pela internet, caso a CNH seja suspensa por demora na transferência de pontos.

 

 

Embora os documentos devam ser enviados, obrigatoriamente, pelos donos dos veículos em até 15 dias utilizando os Correios, a lei brasileira não estipula prazo para que os órgãos reguladores do trânsito efetuem a transferência dos pontos.

Presidente do Detran, Daniel Annenberg, afirma que os motoristas precisam se defender e, sobretudo, cobrar o DSV, responsável por informar quem estava ao volante. Annenberg informa que no Detran, diferentemente do sistema municipal, o recurso contra CNH suspensa indevidamente já pode ser feito pela internet.

Questionado por nossos repórteres sobre a demora, através de sua assessoria de imprensa, o Departamento de Operação do Sistema Viário, da Secretaria Municipal de Transportes, admitiu que, devido ao grande volume, os formulários de identificação de condutor estão levando até 90 dias para serem cadastrados no sistema.

Segundo o DSV, após o registro, os dados são enviados ao Detran, responsável por administrar os prontuários dos motoristas em todo o Estado, e após isso, os pontos são transferidos para a carteira dos condutores que estavam ao volante. Enquanto o motorista infrator não for identificado, a pontuação da multa é lançada na carteira do proprietário do veículo, e com a demora, é nesse período que pode ter a CNH suspensa.

Para tranquilizar os motoristas, a Secretaria Municipal de Transportes esclareceu que a data de postagem do formulário nos Correios é a que vale como prazo para a identificação do condutor, evitando assim que você fique com a CNH suspensa efetivamente. Ainda é possível obter informações no site do Detran.

Share