DETRAN SP orienta sobre compra e venda de carros usados

2 Flares Twitter 0 Facebook 2 Filament.io 2 Flares ×

Está no Twitter e no Facebook do Governo do Estado de São Paulo: não comunicar a compra ou venda de um carro usado ao DETRAN pode ocasionar dores de cabeça e despesas desnecessárias ao novo proprietário.

Se não for feito o comunicado sobre a compra ou venda do carro usado ao DETRAN, assim que for assinado  o documento de compra e venda (CRV) todas as multas, IPVA e outros débitos do veículo serão de responsabilidade do novo proprietário, além das responsabilidades civil e criminal no caso de envolvimento do veículo em acidente de trânsito.

Da mesma forma as multas, infrações ou responsabilidades civil e criminal em casos de acidente de trânsito cometidos pelo novo proprietário caso a transferência não tenha sido feita.

Para realizar o comunicado, você pode ir a uma unidade do Detran ou entrar no site. Pela internet basta se cadastrar e fazer o login no menu “Serviços Eletrônicos”, na opção “Solicitação de Comunicação de Venda”, digitar o número do Renavam e a placa do veículo.

Preencha os dados necessários e encaminhe os documentos solicitados via Correios em até 15 dias ao Detran.SP, caso contrário, sua solicitação será cancelada. Os documentos são: cópia frente e verso, autenticada, do CRV (Certificado de Registro de Veículo, cópia simples do RG ou CNH (Carteira Nacional de Habilitação), foto e CPF. O CRV deve estar devidamente preenchido e assinado, com firma reconhecida por autenticidade do vendedor.

Share