Hyundai HB20 Premium

Hyundai HB20 Premium

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Versão top de linha tem de série novo câmbio automático de seis velocidades

Nós já sabemos que a cada seis meses a Hyundai atualiza seus veículos visando manter a atratividade. E finalmente a empresa coreana apresentou a linha renovada do HB20, que traz entre seus atrativos novas transmissões de seis marchas manual ou automática para o compacto com motorização 1.6.

O visual ficou diferente, mas nem tanto. As mudanças incluem uma nova grade dianteira hexagonal com detalhes cromados que colocam no modelo a identidade visual presente nos demais carros da marca, como é o caso também do recém reestilizado i30. Além da estética, há ainda nova central multimídia e airbags laterais, itens de série na versão top da gama.

Hyundai_HB20_Premium_6

É preciso prestar atenção para notar as alterações feitas no Hyundai HB20 Premium.

 

Identidade visual da marca, nova grade hexagonal é a principal mudança no design na dianteira do HB 20 Premium.

Identidade visual da marca, nova grade hexagonal é a principal mudança no design na dianteira do HB 20 Premium.

O que sentimos ao dirigir

O Hyundai HB20 1.6 Premium, tem preço inicial sugerido de R$ 59.445 e é equipado unicamente com o motor 1.6 flex de 128 cv e 16,5 kgfm e o novo câmbio automático de seis marchas, que substitui o antigo de quatro velocidades, e melhora seu desempenho e eficiência energética, segundo a montadora. A ergonomia é boa, pois o banco acolhe bem o motorista e o volante tem ajuste de altura e profundidade. Já a visibilidade é farta, graças à generosa área dianteira envidraçada.

Na pista destaca-se algumas de suas conhecidas qualidades, como a direção hidráulica macia, e a nova transmissão sequencial de seis marchas com trocas rápidas e sem travamentos, com a vantagem de ser menos ruidosa do que a anterior. Para quem gosta de mais agilidade nas mudanças, a opção é o câmbio manual. Na automática, o Hyundai HB20 Premuim chega à velocidade máxima em quinta, enquanto a sexta é overdrive (que baixa o giro, diminui o consumo e ruído).

Teste

Condução do hatch coreano é agradável.

As versões Comfort Plus e Comfort Style 1.6 são comercializadas com câmbio automático ou manual de seis marchas. E, assim como a caixa de cinco tempos que continua equipando a motorização 1.0, o novo câmbio tem engates curtos. As versões 1.0 seguem sem alterações, e continuam com motor de 3 cilindros de 80 cv e 10,2 kgfm sempre com marcha manual de cinco velocidades.

A suspensão ainda é do conjunto tipo McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira, mas melhorou ao adotar batente hidráulico para evitar chegar ao fim do curso com um solavanco. Para minimizar os balanços, borrachas com densidade reduzida e tamanho aumentado foram aplicadas nas extremidades dos amortecedores. Já as molas traseiras foram aumentadas para dar maior alinhamento na carroceria com o carro cheio.

Mudanças no projeto fizeram o hatch coreano melhar os níveis de ruído e balanço.

Mudanças no projeto fizeram o hatch coreano melhar os níveis de ruído e balanço.

Segundo a marca, na sua pista de testes, em Piracicaba (SP), o Hyundai HB20 Premium 1.6 foi de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos (0,6 s melhor que seu antecessor), e com pouca vantagem que um de seus concorrentes, o Volkswagen Fox 1.6 I-motion, com 10,7 segundos. O hatch coreano também melhorou sua retomada de 40 a 80 km/h, agora em 4,9 segundos (0,9 s mais rápido), mas ainda superado pelo VW que precisa de 4,7 segundos para se recuperar na mesma tomada de velocidade. A frenagem do Hyundai HB20 Premium precisa de 29,1 metros para frear totalmente quando andando a 80 km/h (1,2 m a mais que antes). Os pneus “verdes” 185/60 R15 Goodyear Efficient Grip que oferecem menos atrito podem colaborar para o aumento. Como base, o Fox 1.6 Highline para em 25,8 metros. E o HB20 1.0, precisa de 28,4 m.

As duras regras do Inovar-Auto exigem mais eficiência, e para alcançá-la, a Hyundai mexeu no gerenciamento do alternador e diminuiu o atrito interno em ambos os motores. O 1.6 ganhou um sistema de partida a frio sem tanquinho. Outra inovação foi instalar um defletor debaixo do para-choque dianteiro, que ajuda a reduzir em 6,5% o consumo nos 1.6, e em 6% nos 1.0. Por essa melhoria, o 1.6 passou da nota B para A no Programa Brasileiro de Etiquetagem. O propulsor 1.0 manteve nota A. Conforme divulgado pela Hyundai, o HB20 1.6 consome 8,1 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada, com etanol.

Custo-benefício

No design, as novidades são a grade hexagonal com detalhes cromados, os para-choques dianteiro e traseiro redesenhados, e os faróis com “Light Guide” em led (item de série e exclusivo da versão top de linha). O Hyudai HB20 Premium tem ainda lanternas remodeladas, faróis de neblina com bordas cromadas, repetidores de setas nos retrovisores e acabamento preto fosco nas molduras das portas e na coluna B. As rodas de liga leve foram redesenhadas e tem 15 polegadas. Duas novas cores metálicas, Prata Sand e Bronze Terra (R$1.100), fecham as novidades externas. Somam-se às já existentes Prata Metal, Cinza Titanium, Preto Onix, Branco Polar e Azul Sky.

Hyundai_HB20_Premium_9

Algumas linhas menores ou mais estreitas, diferente mesmo só a nova lanterna.

Por dentro, algumas reclamações dos consumidores não foram ouvidas e ficaram. Para quem vai atrás, o espeaço é contado, e a regulagem de altura do banco do motorista ainda é feita por uma roldana que pode deixar o assento em uma posição não tão confortável. Os painéis de portas traseiras continuam com acabamento simples, mas bem finalizados e sem rebarbas, enquanto os tecidos dos bancos de todas as versões foram repaginados. O pacote opcional “Dark Brown” se destaca, uma vez que pode ser adicionado pelo valor de R$ 1.500, e traz bancos, painéis de portas e manopla do câmbio de couro marrom, deixando o modelo muito luxuoso.

Revestimento em couro marrom é item opcional, mas dá toque refinado e luxuoso ao veículo.

Revestimento em couro marrom é item opcional, mas dá toque refinado e luxuoso ao veículo.

O Hyundai HB20 Premium se diferencia das demais por incluir itens de série com ar-condicionado automático digital, airbags laterais, painel nas cores preta e cinza, volante e ponta da alavanca de câmbio revestidos de couro, banco traseiro bipartido, retrovisores com rebatimento automático, maçanetas e frisos dos vidros laterais cromados, alarme volumétrico com sensor de inclinação e sensor de estacionamento traseiro.

Também opcional, a nova central blueMedia vem com tela de sete polegadas sensível ao toque, Bluetooth, USB, streaming de áudio, MP3 e reprodutor de fotos e vídeos. A central é compatível com o sistema Car Link, para smartphones Samsung e LG, e sistema Apple Car Play, já anunciado mas que estará disponível apenas em 2016), e que custará R$ 2.500. Intuitivo e de uso simples, o sistema espelha o celular na tela. Se ao Waze, por exemplo, os comandos podem ser feitos direto na tela da central.

Central multimídia conecta-se a aplicativos e redes socais.

Central multimídia conecta-se a aplicativos e redes socais.

Na verdade, a versão Premium completa com todos os itens disponíveis, com couro e a nova tela multimídia, é vendida porR$ 63.335. Se você não se importa tanto com esses recursos, a opção é a central blue Audio, que equipa toda a linha e teve seu design renovado. O sistema conta com tela de 3,8 polegadas, Bluetooth, MP3, USB, streaming de áudio, entrada auxiliar e comandos de áudio Bluetooth no volante. Das suas alterações, o Hyundai HB20 Premium 2016 evoluiu em pontos em precisava, como o câmbio automático e conectividade. Mas ficou faltando os controles de tração e de estabilidade. Pode ser a novidade daqui a seis meses ? Deve,  mas a montadora não quis revelar.

Por R$ 59.445 é a versão sem controle de estabilidade e de tração.

Por R$ 59.445 é a versão sem controle de estabilidade e de tração.

 

Share