Mobi: novo compacto da Fiat visto em lava rápido

Mobi: novo compacto da Fiat visto em lava rápido

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Versão Way foi fotografada sem qualquer tipo de disfarce confirmando o visual do novo hatch de entrada da montadora italiana.

Prestes a ser lançado, o compacto Mobi não havia aparecido sem disfarces. Até então conhecido pelo código de projeto X1H, há algumas semanas, porém, isso mudou: várias fotos foram feitas em um lava rápido. Repare na tampa traseira feita de vidro, como nos chineses Chery New QQ e Geely GC2.

A Fiat quase conseguiu manter segredo. Pouco antes da apresentação oficial, o Mobi só foi flagrado com disfarces, como na imagem acima.

A Fiat quase conseguiu manter segredo. Até pouco antes da apresentação oficial, o Mobi só foi flagrado com disfarces, como na imagem acima.

Já lançado no mercado brasileiro, um dos rivais do Mobi, o Volkswagen up! utiliza a mesma solução na Europa, mas, devido aos custos de produção, a empresa alemã decidiu não adotar esse recurso no Brasil.

Mobi_11

Os concorrentes desistiram por causa do alto custo, mas o Mobi apostou na tampa traseira de vidro.

Mobi_8

O nome, confirmado oficialmente pelas fotos, apareceu pela primeira vez em pedido de patente da Fiat, em dezembro do ano passado. O Mobi utilizará diversos itens já presentes na linha Fiat (leia-se do Uno, inclusive a plataforma), visando baratear o seu custo de produção, indicando que o compacto deverá chegar com preço na casa dos R$ 30 mil na versão de entrada.

Primeira aparição do novo compacto da Fiat sem qualquer tipo de disfarce.

Primeira aparição do novo compacto da Fiat sem qualquer tipo de disfarce.

O novo modelo, entretanto, terá dimensões mais modestas: o entre-eixos deve ficar na casa dos 2,35 metros e o porta-malas terá 260 litros. Para evitar que os passageiros do banco de trás fiquem muito apertados, a Fiat apostará em verticalizar o encosto traseiro, liberando mais espaço para as pernas. A sacada é semelhante à que a Renault teve com o Duster Oroch.

Sem novidade debaixo do capô

O Mobi será equipado com o motor 1.0 EVO de 75 cv e 9,9 kgfm de torque que já equipa atualmente algumas versões do Uno, Palio e o veterano Palio Fire. Os planos da Fiat era de usar um novo motor 1.0 três cilindros da família GSE, que desenvolve 80 cv e 10 kgfm e já seria equipado com tecnologia start-stop, mas, como o prazo ficou curto, esse motor deve ser a novidade da linha 2017 do modelo.

Pelas suas características e posicionamento, o Mobi pretende brigar diretamente contra o Volkswagen up! E com o chinês Chery QQ. O VW up! parte de R$ 32.590, chega a R$ 51.590 na configuração topo de linha com 2,42 m de entre-eixos e 285 litros de porta-malas, segundo a Volkswagen. Já o QQ tem preços entre R$ 31.290 e R$ 33.690, seu entre-eixos mede 2,34 m e o porta-malas leva 190 litros, segundo a Chery.

O Mobi será o novo veículo de entrada da Fiat e deverá ter quatro versões: Drive, Easy, Like e Way. O valor do mais básico deverá partir de cerca de R$ 29 mil, enquanto a versão das fotos deve beirar os R$ 40 mil.

Se a versão de entrada deve abrir mão de importantes equipamentos como o sistema de ar-condicionado, para se manter abaixo da linha dos R$ 30 mil, as configurações superiores devem investir em tecnologia e conectividade, para reforçar a pegada de carro urbano e jovem.

Por dentro, na aparência, é praticamente o Uno.

Por dentro, na aparência, é praticamente o Uno.

Pelo menos por enquanto, conforme www.carrosemsegredo.com apurou, é bem provável que o Mobi conviva com o Palio Fire, atual modelo de entrada da Fiat, até que acabe a demanda para o modelo veterano. É necessário ressaltar que a Fiat encerrou a produção do Mille apenas pela impossibilidade de instalar, os agora obrigatórios, airbags frontais e freios com ABS.

Share